domingo, 19 de julho de 2009

LITERATURA DE CORDEL


Ou simplesmente cordel é o nome dado aos pequenos folhetos, escrito em versos por poetas populares, dentro da tradição nordestina.


A forma mais conhecida é dos folhetos, mais ou menos do tamanho de uma folha de sulfite dobrada em quatro partes. As capas, geralmente, são feitas em xilogravuras, desenhos talhados na madeira.

Os temas dos folhetos são muito variados, desde fatos reais, imaginados, histórias de personagens marcantes, etc. Os poetas compôem suas histórias ou poesias de acordo com a sua imaginação.

As regras e modalidades para a construção das estrofes são as mesmas do repente.

Postar um comentário