segunda-feira, 19 de outubro de 2009

AMIGA CONFIDENTE

Os Nonatos

Composição: Raimundo Nonato e Nonato Costa

Amiga, sempre que atendeste aos meus chamados.
Tu me amparaste com teu ombro e tua mão
Jamais fechaste teus ouvidos aguçados
Quando eu queria te abrir meu coração.
Nunca estivemos tempo algum indiferentes
Nós somos hoje tão sinceros quanto antes
Pois aprendemos que os amigos confidentes
São mais fiéis que dois irmãos ou dois amantes.

Tu nada fazes sem contar primeiro a mim
Sabes porque da minha lágrima e meu sorriso
Da mesma forma que aprendeste dizer sim
Me dizes não se por acaso for preciso.
Mesmo sem tempo para os meus telefonemas
Tu não me deixas esperando pra depois
Eu sempre encontro à solução pra os meus problemas
Na terapia da conversa entre nós dois.

Quando eu viajo, tu não ficas sem saber.
Quando regresso, tu parece que advinhas.
Quando estou triste, tu também demonstras ter.
A mesma angústia das tristezas que são minhas.
Até na troca de presentes e cartões
O obrigado é mais feliz na tua voz
Nossa amizade sem segundas intenções
Resiste a tudo e é mais forte do que nós.

Postar um comentário