domingo, 20 de dezembro de 2009

OS NONATOS PRIMEIRA E ÚLTIMA

Primeira e Última

Os Nonatos

Composição: Raimundo Nonato e Nonato Costa

Ouvi de centenas de bocas
promessas com juras de amor
promessas não foram cumpridas
e as juras foram sem valor

Você me apareceu do nada
bonita, simples pura e meiga
e fez meu coração de pedra
se dissolver feito manteiga

Jamais eu dei mandato as outras
pra sempre elegi você
se eu sou de quem está sendo agora
lembrar de quem já foi pra que?

Na área tive passe livre
driblando o jogo da paixão
mas quero fixar contrato
no clube do seu coração

Eu vejo você diferente
de todas que já pude ver
tem gente que quer sem mundano
mas você não mudou pra ser

A última que a primeira vista
eu me senti apaixonado
quando tentei roubar seu beijo
você já tinha me roubado

Postar um comentário