sexta-feira, 10 de junho de 2011

PERNAMBUCO

SER PERNAMBUCANO É

Ter a mania de dizer que tudo daqui é melhor!(e não é mermo???); Dizer de boca cheia que o Shopping Center Recife é o maior da América Latina; que o Chevrolet Hall é a maior casa de show da América Latina; Ter a maior avenida em linha reta do mundo - a Caxangá, no Recife; Ter a maior feira ao ar livre do mundo: a de Caruaru; Ter também o maior teatro ao ar livre do mundo - Nova Jerusalém. Ter a mais antiga sinagoga da América Latina; Sem falar que foram judeus recém-saídos do Recife que migraram para os Estados Unidos e ali fundaram Nova York; Ter o maior paraíso do mundo e poder dizer com todas as letras: Fernando de Noronha é NOSSA! Saber que Recife é um dos grandes pólos de informática e de medicina do Brasil; Saber que O Galo da Madrugada é o maior bloco carnavalesco do mundo; Ter orgulho do nosso São João; Ter O Diário de Pernambuco como o jornal mais antigo da América Latina; Saber que a primeira emissora de rádio da América Latina é a Rádio Clube de Pernambuco, que tem como slogan "Pernambuco falando para o mundo"; ; Passar um tempo fora, chegar na capital e cantar: "Voltei Recife, foi a saudade que me trouxe pelo braço, quero ver novamente Vassouras na rua passando, tomar umas e outras e cair no passo Morar em outro estado ou país e não perder o sotaque pernambuquês; encher o peito pra cantar: ".. eu sou mameluco, sou de Casa Forte, sou de Pernambuco, eu sou o Leão do Norte..." ; se arrepiar com o nosso hino como se fosse o hino nacional, usar nossa bandeira com todo orgulho, Usar camiseta, boné, botton com a bandeira do estado (que aliás, é a mais linda do país); Saber cantar o Hino de Pernambuco em todos os ritmos: Encher os olhos d'àgua com aquele sorriso no rosto e até se tremer de emoção só de falar do carnaval de Olinda...Ir ao Recife antigo e pode constatar todo aquele patrimônio arquitetônico; Acreditar que Recife é mesmo a "Veneza Brasileira";
Amar as pontes e Rio Capibaribe do Recife; E as praias de Pernambuco? Boa Viagem, Piedade, Candeias, Gaibu,Paraíso; Do nosso passado fundiário, dos nossos engenhos de açúcar; Ir ao monte das Tabocas perto de Vitória de Santo Antão e passar horas
imaginando como uma batalha naquele lugar "deu origem" a um lugar tão maravilhoso quanto Pernambuco; Dar mais importância ao Campeonato Pernambucano de Futebol do que qualquer Campeonato Nacional,pois futebol se restringe a rivalidades entre Náutico, Sport e Santa Cruz; Ir ao Alto da Sé em Olinda apenas para ver Recife ao longe e comer tapioca;
Ir prá Gravatá, Garanhuns... e se encher de casacos, luvas...independente do frio que esteja fazendo; Ouvir Alceu, Geraldinho Azevedo, Chico Science, Luiz Gonzaga, Lenine, Paulo Diniz e outros tantos e poder dizer "São meus conterrâneos" Nos orgulharmos dos nossos grandes literatos: de João Cabral de Melo Neto, de Manuel Bandeira, de Carlos Penna Filho, de Osman Lins, de Gilvan Lemos, Raimundo Carrero, Luzilá Gonçalves, Nélson Rodrigues, Josué de Castro, Paulo Freire, Gilberto Freyre, Ariano Suassuna (que só fez nascer na Paraíba)... Considerar Reginaldo Rossi o nosso Rei; ; Saber a delícia que é um bolo de bacia com caldo de cana; Adorar a comida pernambucana: Buchada, Chambaril, Mão-de-Vaca, Rabada, Vaca atolada, Sururu, Caranguejo, Carne de Bode, Carne-de-Sol, Feijoada, Dobradinha, etc; Nunca usar artigo na frente de nome próprio: nada de A Maria, ou O Recife... Saber o significado das palavras "pirangueiro", "pantim", "mangar" e "lascou" Chamar Paínho e Maínha p/ visitar Voínho e Voínha; Falar visse no final de cada frase; Dizer: "É rocha !" , "É porque não dá mermo", "Di cum força", "digaí","ta ligado!?", "oxente" entre outras...
PENSE NUMA TERRA ARRETADA DE BOA!
Postar um comentário