sábado, 24 de agosto de 2013

PRAÇA DO FORRÓ EM SÃO MIGUEL PAULISTA - SÃO PAULO

Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra é uma praça localizada no distrito de São Miguel Paulista, no município de São Paulo.

História[editar]

Esta praça está localizada no distrito de São Miguel Paulista e tem esse nome por causa de Padre Aleixo Monteiro Mafra, nascido na cidade paulista de Guaratinguetá no dia 11 de Fevereiro de 1901. Padre Aleixo chegou no bairro para tomar posse de sua paróquia (velha capela), no dia 2 de março de 1941.
Antigamente chamava-se Praça Campos Sales e a Igreja Matriz de São Miguel era ainda a velha capela construída em 1622 e mal comportava duzentas pessoas. Padre Aleixo era obrigado a rezar várias missas dominicais para que todos os fiéis pudessem assistir. Quando Padre Aleixo assumiu a paróquia, o bairro possuía cerca de oito mil habitantes, dez anos depois, já eram quase quarenta mil, razão pela qual, a Arquidiocese de São Paulo achou necessária a construção de uma nova Igreja Matriz, em conjunto com Padre Aleixo.
No dia 13 de Janeiro de 1952, finalmente foi assentada a pedra fundamental da nova Igreja Matriz, com a presença de personalidades civis e eclesiásticas. No dia 29 de março de 1964, Padre Aleixo foi afastado da Paróquia de São Miguel Paulista pela Cúria Diocesana, após 23 anos de serviços prestados. Seu afastamento não foi devidamente esclarecido, tendo causas contraditórias.
Em 22 de Agosto de 1965 é inaugurada a nova Igreja Matriz. Dessa forma a velha capela, que estava ligada ao antigo tempo colonial, cede lugar à nova Matriz, tornando-se apenas um patrimônio histórico e artístico na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra.
Com a perda da paróquia onde havia trabalhado com afinco durante tantos anos, Padre Aleixo sofreu um abalo de saúde e de saudade e no dia de seu 66º aniversário, 11 de fevereiro de 1967, vem a falecer. Em sua homenagem o bairro tem uma de suas principais praças com seu nome, que por causa da grande migraçãonordestina acabou tendo o apelido de "Praça do Forró", pelo qual é mais conhecida.

Remodelação da praça[editar]

Em março de 2007 a praça passou por reformas, o palco que tinha o formato de chapéu de couro foi demolido e os shows de forró no local foram suspensos. A preservação da capela de São Miguel Arcanjo foi a justificativa para o fim dos shows, mas os freqüentadores da praça não aprovaram essa atitude. O espaço era utilizado como espaço de opinião e música para os nordestinos desde 1965. Hoje conhecida como a Praça do Forró, foi palco do Movimentto Popular de Arte que na época da ditadura militar aglutinava Artistas de vários seguimentos,Música,Teatro,Artes Plásticas e Intelectuais em busca do Movimento Diretas já.

Ligações externas

















Fonte: pesquisa na internet
Postar um comentário