quinta-feira, 29 de agosto de 2013

REPENTISMO

                                                                                   REPENTISMO
                                                                                   
                 Repentista é  todo aquele que faz os versos improvisados na hora,rimados e metrificados,  terminando com a formação das estrofes. É dividido em três partes:
Métrica, rima e Oração. Métrica é a divisão das silabas para o verso não passar e nem faltar. Se passar passa a se chamar verso de pé quebrado.Observação: somente quando não tiver palavras que combinem com as as últimas letras é que se podem rimar somente som.
O repentismo que improvisa ao som da viola é chamado de poeta cantador. Trabalha com a rima com a rima correta.
O repentismo que improvisa ao som do pandeiro ou ganzar é chamado de coquista ou embolador. Trabalha mais com a rima do som.
O repentismo que improvisa ao som do aboio , é chamado de aboiador, e não usa  nem um tipo de instrumento. Nos intervalos dos versos dá aboio com as vogais .
Costuma usar as duas formas de rima. O repentismo que improvisa sem cantar é chamado glosador. Costuma usar as duas formas de rima. 
Deixa é quando numa cantoria a dois um é obrigado a rimar a última palavra do primeiro verso com a última palavra do último verso do paceiro.  


O REPENTISMO NO BRASIL

No Nordeste, chama-se Cantoria por volta de 60 modalidades.
No Norte de Minas, Chama-se  jogar versos por volta de 15 modalidades.
No Rio Grande do Sul, chama-se trova ou trovar, por volta de 10 modalidades.
Em São Paulo,Chama-se Cururu, por volta de 10 modalidades.
No Centro Oeste, Chama-se  tirar verso, por volta de 4 modalidades.
No Rio de Janeiro, Chama-se Partido alto por volte 3 modalidades.

Cordelista é o o poeta de escrever histórias rimadas e metrificadas, mas não de improviso. O repentista pode também ser cordelista.

Téo Azevedo.
      
Postar um comentário