domingo, 4 de outubro de 2009

BIOGRAFIA DO POETA HELENO ALEXANDRE

 BIOGRAGIA DO POETA HELENO ALEXANDRE
Heleno Alexandre, 36 anos, brasileiro, casado, nasceu aos 06 (seis) dias do mês de abril de 1973, na fazenda Nossa senhora de Lourdes, município de Sapé, Estado da Paraíba. Heleno é poeta repentista, radialista e escritor do Recanto das Letras.
Ainda muito pequeno começou a escutar os poetas cantadores, mas nunca passou por sua cabeça que um dia pudesse se tornar um poeta também, o que acabou acontecendo quando já tinha seus 26 anos.
Como repentista já é dono de um currículo invejável dentro do mundo da cantoria. Ele apresenta e canta no programa “Violas e Violeiros”, da Rádio Sapé-FM desde novembro de 2000. Programa esse que vai ao ar todos os sábados das 17 ás 19h00 e as quartas-feiras das 17h00 ás 17h45.
Alexandre também teve longa passagem no extinto programa “Falando de Cultura” da Rádio Araçá-FM de Mari e participou por inúmeras vezes do programa “De Repente á Viola” da Rádio Tabajara de João Pessoa, programa então apresentado pelo poeta
Severino Paulo.
Em 2004 teve uma participação no programa “Cantos e Contos” apresentado por Os Nonatos na TV O Norte (filial da Band) na capital paraibana. No mesmo ano representou a sua terra natal, em uma das etapas, do V Festival Nordestino de Cantadores, realizada no Recife (praça pública Marco Zero). Em 2007 Heleno esteve representado a terra do poeta Augusto dos Anjos no III Festival Nacional de Viola e Poesia, realizado em Juazeiro do Norte-CE, onde fez uma participação ao lado do respeitadíssimo cantador Francinaldo Oliveira de Serra Talhada-PE. Em 2008, foi a vez de participar do IV Festival Nacional, também realizado em Juazeiro, dessa feita fez dupla com Sílvio Granjeiro, um dos maiores poetas repentistas do Brasil. Ainda no mesmo ano, em 07 de setembro, esteve na TV Diário de Fortaleza, no programa ao “Som da Viola”, ao lado do poeta Jorge Macedo de Limoeiro do Norte. Em 2009 esstive presente no V Festival de Viola e Poesia de Juazeiro, novamente se apresentando com Sílvio,

selando assim sua terceira participação consecutiva no segundo maior festival do Brasil que acontece todos os anos na terra do Padre Cícero. Também já fez cantorias com poetas respeitadíssimos na história do repente como Sebastião da Silva, Louro Branco, Antônio Costa, Domingos Matias, Biu Salvino, Severino Paulo, Pereira Santos, João Lourenço, entre outros.
Heleno Alexandre se apresenta em Escolas Públicas, Faculdade, Instituições Carentes (voluntariamente) e Festais Sociais, como aniversários, batizados, etc.
Mais informações sobre esse guerreiro, sobre esse humilde e grande poeta popular, basta procurar na Internet, pesquisando “Heleno Alexandre poeta de Sapé” no Google. Você irá encontrar muito mais sobre seu currículo artístico. E veja também seus vídeos no YOUTUBE, com destaque para o do festival em Salgado de São Felix, sobre o que aconteceu em primeiros de maio.
  
Heleno é inscrito na Associação de Repentistas e Poetas Nordestinos, sob nº 0282, com sede em Campina Grande, além de ser Diretor de Programação da Rádio Sapé-FM e segundo Tesoureiro da AASES (Associação dos Artistas sapeenses). Gravou seu primeiro CD “ Estrelas do Repente” em 2005 pela Pindorama Record, ao lado do poeta Severino Elizeu e brevemente estará lançando seu primeiro livro: “DE REPENTE... 10 ANOS”.
Com mais de 340 Textos publicados no Recanto das Letras, entre cordéis, trovas, sonetos e duetos, Heleno se tornou um escritor bastante admirado por todo Brasil. Seus trabalhos já foram lidos por quase 45.000 pessoas e comentados por mais de 1.300 leitores.
Orgulho de ser sapeense e representar o berço do poeta Augusto dos Anjos, um dos maiores poetas do século XX, na história da Literatura Brasileira.

CONTATOS DO HELENO:

End. Rua Domingos Augusto Meireles, 46 Centro Sapé-PB CEP 58.340-000
 
Atualmente trabalha e mora na cidade de Barreira-CE
Fones: (088) 9989-0508 / (085) 9157-4831 / 3331-1646

E-mails: helenoalexandre@bol.com.br, heleno_copasapepb@hotmail.com ou helenoalexandre28@hotmail.com.

REFERÊNCIAS PROFISSIONAIS POÉTICAS:

Oliveira de Panelas, Daudeth Bandeira, Severino Feitosa e Os Nonatos (Paraíba); Ivanildo Vila Nova e Hipólito Mouro, Edmilson Ferreira, Antonio Lisboa e João Manoel (Pernambuco); Geraldo Amâncio, Jorge Macedo e Sílvio Granjeiro (Ceará) e Domingos Matias e Felipe Pereira (Rio Grande do Norte)
Postar um comentário