sábado, 26 de dezembro de 2009

OS NONATOS IMPEACHMENT DO AMOR

Impeachment do Amor

Os Nonatos

Composição: Nonato Costa e Raimundo Nonato

Não é possivel que eu nao possa ser feliz
Faça o favor de me deixar em paz agora
Recorra aos braços do amor que voce quis
Desocupe a minha vida, dê licença eu vou embora
Voce pra mim virou proposta recusável
E objeto descartável que se usa e joga fora

Quero apagar o que restou desta amizade
O que você não quis pra sí terá quem queira
Tomar remédio contra o vírus da saudade
Convecer meu coração que esta angústia é passageira
O seu ciúme destruiu nosso romance
E não dou segunda chance
Pra quem brincou na primeira

Pra não haver mais discussao desnecessária
Faça de conta que esse amor nunca existiu
Pra não viver sendo tratado como palha
Obrigado eu separei-me da mulher que deus me uniu
Cobrir a fita que retrata os maus momentos
Restaurando os sentimentos
Que você não destruiu

Fiz seu impeachment baseado nos seus dados
Em assembleia fiz a sua intervenção
Os seus direitos de mulher foram cassados
No plenário dos desejos vou fazer nova eleição
E eleger outra sem ciúme trauma e vício
Pra um mandato vitalício no pais do coração

Postar um comentário