quinta-feira, 2 de junho de 2011

POETA JÚNIOR ADELINO

BURACO GRANDE É CRATERA
ARENGA É O MESMO QUE BRIGA
FUXICO É FAZER INTRIGA
ENCARDIDO É A BESTA FERA
GRUPO DE GENTE É GALERA
PASSANDO MAL É DOENTE
DEVEDOR É INADINPLENTE
INICIANTE É PRIMÁRIO
EU TENHO UM DICIONÁRIO
ARQUIVADO EM MINHA MENTE.

TRISTEZA É MELANCOLIA
FALAR É DIALOGAR
RIR DE ALGUÉM É MANGAR
SONHAR É UMA UTOPIA
FALSIDADE É HIPOCRISIA
LESTE É O MESMO QUE ORIENTE
CANINO É UM TIPO DE DENTE
DESTINO É ITINERÁRIO
EU TENHO UM DICIONÁRIO
ARQUIVADO EM MINHA MENTE

COLISÃO É BARRUADA
PROJÉTIL É O MESMO QUE BALA
QUEM MUITO TRABALHA RALA
BARULHO ALTO É ZUADA
VACILAR É DAR MANCADA
PRIMO DISTANTE É PARENTE
DROGA É INTORPECENTE
QUEM ALUGA É LOCATÁRIO
EU TENHO UM DICIONÁRIO
ARQUIVADO EM MINHA MENTE.

NO HOMICÍDIO DOLOSO
O ATO É COM INTENÇÃO
MENINO MUITO CHORÃO
É CHAMADO DE DENGOSO
MAQUIAVÉLICO É ASTUCIOSO
ARROGANTE É PREPOTENTE
PRA SER UM BOM ELOQUENTE
TEM QUE TER VOCABULÁRIO
EU TENHO UM DICIONÁRIO
ARQUIVADO EM MINHA MENTE.
 JÚNIOR AUTOR.
Postar um comentário