segunda-feira, 9 de setembro de 2013

FARINHA DE MANDIOCA DO NORDESTE

Farinha de mandioca é a vilã da inflação no Nordeste

O quilo do produto pode ser encontrado agora nos supermercados das capitais nordestinas a R$ 9. No final do ano passado, não passava de R$ 3

Publicado em 11/04/2013, às 09h19

Da editoria de Economia com agência

Além do tomate, preço da mandioca pesa na feira do nordestino / Hélia Scheppa / JC Imagem

Além do tomate, preço da mandioca pesa na feira do nordestino

Hélia Scheppa / JC Imagem


Fortaleza e Recife - O resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de março, publicado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comprovou o que já vinha sendo esperado: no Recife, a inflação continua acima da meta estipulada pelo governo. Apesar de ter havido uma leve diminuição – de 7,44% no acumulado até fevereiro para 7,33% no acumulado até março –, a taxa continua acima do que foi estipulado como ideal pelas autoridades monetárias.
Na comparação mensal, o IPCA na capital pernambucana passou de 0,98% em fevereiro para os atuais 0,37%. No ano, a alta acumulada até agora é de 2,27%. 
Por aqui, ainda na comparação mensal, que apresentou maior índice percentual de crescimento, segundo o IBGE, foi o grupo “habitação” (1,17%). Por outro lado, o menor percentual ficou com o grupo “transportes” (-0,68%)
MANDIOCA - No Nordeste, o vilão da inflação do mês passado não foi somente o tomate, mas também a farinha de mandioca. O quilo da farinha pode ser encontrado agora nos supermercados das capitais nordestinas a R$ 9, quando no final do ano passado não passava de R$ 3. 
O preço triplicou devido à seca na região, que prejudicou sensivelmente o cultivo de mandioca. A produção caiu 70%.
Derivados do produto, como a tapioca e a paçoca, sofreram aumentos superiores a 150%. A tapioca comum (pequena, redonda e sem recheio) saiu de R$ 0,50 para R$ 1,30 em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. 
Caucaia tem uma central de tapioqueiras, que vende seus produtos no caminho das praias de Cumbuco, Icaraí, Pacheco, Iparana, Tabuba, Pecém, Lagoinha, Paracuru, Baleia e Jericoacoara.
Confira aqui página do IBGE para pesquisa completa. 

Fonte uol
Postar um comentário